Excesso De Algo Bom Também Faz Mal

Razao e Emocao

“Dois excessos: excluir a razão, admitir apenas a razão.” – Blaise Pascal

 

Razão em falta. ‘Onde eu estava com a cabeça?’ ‘Perdi a cabeça!’ ‘Por que fiz isso?’ Já ouviu isso ou você mesmo já se expressou assim em algum momento de sua vida?

As maiores tragédias da humanidade ocorreram porque, em um dado momento, alguém perdeu a razão e o bom-senso. Sim, porque a falta de razão leva à falta de bom-senso. Sem esses ingredientes a vida e o mundo viram um caos.

Razão em excesso. Já notou quantos projetos deixou para trás? Percebe que às vezes demora demais para tomar uma decisão simples, mas necessária? Não seria o caso de haver excesso de razão?

“Razão sem emoção é inércia e estática; emoção sem razão é desequilíbrio e descontrole.” – Elzir Barbosa

Emoção na medida. Enquanto a emoção move você, a razão tem o papel de guiar. Logo, as duas precisam caminhar juntas. Mas ainda assim, cada uma em seu espaço e na medida certa.

É dessa forma que você se movimenta com equilíbrio e atinge as suas metas e os seus projetos importantes. Em resumo: razão e emoção, juntas, produzem realização e satisfação.  

Então se lembre: você precisa da medida certa de razão para guiá-lo sem se perder; e precisa também, na medida certa, de emoção – entusiasmo, motivação – o combustível que faz você se mover na realização de suas metas e projetos importantes para a sua vida.

Aplique isso especialmente em áreas como: vida familiar, profissional e social. É certo que terá melhores resultados.

Se você gostou dessas informações, por favor, comente, compartilhe com amigos e em suas redes sociais.

Muito obrigado! Forte abraço! Sucesso!

 

Quer iniciar uma atividade pela internet e não sabe como? Clique no banner abaixo e descubra agora!

Quer superar um hábito negativo ou criar um hábito positivo e não sabe como? Clique aqui ou no banner abaixo.

Para fazer uma avaliação gratuita da sua saúde online, clique aqui ou no banner abaixo.